OBJETIVO DO JORNAL
A função social deste jornal é analisar criticamente fatos nacionais e internacionais por uma ótica marxista-leninista.
BLOGUISTAS
• OPERÁRIO SINDICALIZADO
• SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL
• AMBIENTALISTA DE PURO CORAÇÃO
• RAPPER FEMINISTA
• PRESIDENTE DE DIRETÓRIO ACADÊMICO
• CORRESPONDENTE ATEU
• MANIFESTANTE ANTI-E.E.U.U.
 FONTES PROLETÁRIAS
 REVOLUCIONÁRIAS
 AGÊNCIAS
 POPULARES DE NOTÍCIAS
 ORGANIZAÇÕES
 POPULARES DEMOCRÁTICAS
 CAMARADAS FAMOSOS
 SITES AMBIENTAIS
 POPULARES DEMOCRÁTICOS
ARQUIVO REVOLUCIONÁRIO
CONTRIBUIÇÕES RECENTES
domingo, abril 10, 2011
Os crimes do capital
Operário Sindicalizado

Tal qual brilhantemente observado pela mente do povo, do qual Hugo Albuquerque é parte indissociável, a recente tragédia do Realengo não foi senão resultado direto do capitalismo e da colonização cultural deste País:
"Aqui, a tragédia causada por um jovem fundamentalista com problemas mentais que, como numa típica chacina americana, massacrou uma dúzia de crianças na escolas que estudou é só reflexo de algo que, há muito, acontece em nosso meio: a americanização da nossa sociedade, a reprodução - cada vez mais intensiva - de uma forma de recalque comum àquela máquina capitalista, produzindo efeitos semelhantes; o aumento dos casos de obesidade, de viciados em drogas - sobretudo antidepressivos - e, também, de chacinas desse tipo - "anômicas", dirão os partidários da analítica - não são fruto do acaso."
De fato, o capitalismo não produz nada além de conformismo. Todo e qualquer sinal de inconformidade é suprimido pela máquina do lucro, pela produção em massa; nos tornamos autômatos, reproduzindo milhares de unidades idênticas, presos numa linha de produção fordista.

Não escapam desse processo nem mesmo os criminosos. Outrora originais em seus crimes, nossos assassinos agora não fazem nada a não ser se curvar à cultura dominante. Em vez de brasileiros matarem como brasileiros, apenas reproduzem as formas e tipos ideais de chacina impostas pelo imperialismo.

Podemos esperar que em breve todos os crimes se tornem um só. Não haverá mais aquele crime de várzea, matreiro, um crime com um sorriso e um drible brasileiro. Nossos assassinatos serão apenas cópias, serão frios como os americanos, buscarão apenas o lucro. Serão matanças gananciosas, sem qualquer traço de compaixão, compaixão esta que é natural nas chacinas tipicamente brasileiras.

Se não houver uma verdadeira revolução proletária, a sociedade eventualmente será extinta, pois é só no socialismo que os crimes são de fato crimes e não apenas reproduções impensadas da cultura da elite.

Pode-se esperar que o imperialismo capitalista transforme todos os crimes em um só. Não haverá mais crimes nacionais, mas apenas crimes impostos pelo dominador estrangeiro. Haverá apenas a guerra, que é a única língua que os ianques sabem falar.

Pois, como disse Hugo Chávez, se houve vida em Marte, ela foi aniquilada pelo capitalismo e o imperialismo. Será que não vamos aprender essa lição?
Contribuição para a causa às 21:26

Ou dê sua contribuição democrática através do Livro de Rostos:
Anonymous Professor de História, ÀS 00:30 DISSE: 
É evidente, camarada Operário, que ambos os Hugos estão mais do que cobertos de razão. Só não consigo definir qual deles tem mais razão porque me recuso a tratar a razão segundo a perversa invenção burguesa de propriedade privada. A razão pertence igualmente aos dois Hugos, e a todos nós - o Povo - de forma democrática e revolucionária. Mas divago. Vim para louvar e parabenizar o que, agora sim, pode ser considerado um retorno ao pleno emprego das forças produtivas do Jornal Opinião Popular, o bastião das causas proletárias, revolucionárias, democráticas e populares. Falando nessas causas, recordo a todos os companheiros e camaradas que amanhã tem início o Fórum da Igualdade, em oposição ao nefasto e neoliberal Fórum da (falta de) Liberdade. Devemos todos comparecer, com nossos sindicatos (e, em meu caso, também alunos), para deixar bem claro ao Grande Capital que podemos organizar um grandioso evento em prol da Revolução sem um único tostão privado - todo o Fórum será financiado por impostos e dinheiro público, do Povo, pelo Povo.
Anonymous Anônimo, ÀS 19:13 DISSE: 
Os vagabundos comunistas e idiotas metidos a "revolucionários" são os mais primitivos exploradores quase todos eles Filinhos de Papai que burramente dão uma de "revolucionários" e a vagabunda "classe operária" Morte ao comunismo! Nicolau da Romênia.

Postar um comentário